Google+

Trilho das Lagoas de Bertiandos, Ponte de Lima

Trilho das Lagoas de Bertiandos, Ponte de Lima

 

Neste trilho vamos ver e compreender o movimento do principal elemento desta área protegida – a água – na bacia hidrográfica do rio Estorãos, bem como o contacto com a forma de distribuição da ocupação humana na área envolvente e o património dela resultante.
Partindo do Centro de Interpretação Ambiental rumo à Quinta de Pentieiros e posteriormente à Azenha do rio Estorãos, pode observar-se as serras d’Arga e Cabração (ao fundo), que contribuem para a valorização paisagística do percurso, e em que a última marca o limite Norte da bacia cujas águas são drenadas para o rio Estorãos e assim chegam à área protegida.
Todo este troço evidencia valores patrimoniais históricos, como a casa da Quinta de Pentieiros, agora recuperada para Centro de Acolhimento, a necrópole megalítica à saída da Quinta, aconselhando-se a visita após a criação do aro arqueológico, a ponte, o seu cruzeiro e alminhas, que serviam para proteger os visitantes.
Ao chegar à ponte da Freixa, sobre o rio Estorãos, o percurso segue para montante num trilho de pé posto, que acompanha a margem do rio rumo ao passadiço que contorna a lagoa das Tapadas do Mimoso.
A zona de lazer fluvial da Azenha de Estorãos será o local para quem desejar ir a banhos.
Lagoas, paisagem, serenidade, vegetação arbórea autóctone… a Natureza no seu estado mais puro e encantador.

Caraterísticas resumo:

  • Tipo: Circular
  • Distância: 12,5 km
  • Nível de dificuldade: Médio
  • Altitude máxima: 30 m ; Altitude mínima: 6 m; Desnível: 27 m
  • Pontos de interesse: Quinta dos Pinteiros, azenha do Rio Estorões, Serra D’Arga, Serra de Cabração, paisagem protegida das lagoas de Bertiandos, ponte da Freixa, vegetação arbórea autóctone e variedade de flora e fauna
468 ad